4 Grandes Dicas de como lucrar com bebidas em um restaurante

É muito comum que os restaurantes ofereçam em seus cardápios algumas opções de sobremesas e várias opções de bebidas. Todos nós já sabemos bem que esses itens são incluídos no cardápio com uma principal finalidade: estimular o consumo dos clientes.

Porém, existem maneiras adequadas de conseguir um bom lucro com a venda de bebidas em um estabelecimento alimentício sem elevar demais seus preços.

O segredo para que os consumidores se sintam convencidos a comprar algo além dos pratos principais pouco tem a ver com o número de opções que você disponibiliza para o cliente ou o preço dos itens. Na verdade, pode ter muito mais a ver com a elaboração da abordagem que facilita esse tipo de venda.

Ficou curioso? Neste artigo vou lhe dar 4 dicas simples, mas muito eficazes para aumentar os lucros de qualquer tipo de Food-Service.

Não eleve seus preços. Eleve a qualidade do seu atendimento.

Antes de ir mais a fundo no assunto, é interessante entender que há momentos ideais para ofertar entradas, bebidas ou sobremesas. O “timing” é essencial. Para fazer uma boa oferta, é essencial dar também atenção ao modo com que ela é realizada em frente ao cliente.

Gosto de pensar que como em uma peça de teatro, um jantar em restaurante precisa ter um começo, meio e fim consistentes para que o público não fique confuso ou desorientado. Como um protagonista, o garçom precisa ser o encarregado de situar os clientes e fazer mais que lhes apresentar o cardápio, ele tem de ser suficientemente convincente.

O primeiro investimento aqui é sem dúvida no garçom. Um atendente que saiba como oferecer cada item em um momento favorável terá mais sucesso do que outros que apenas tiram dúvidas e anotam pedidos.

Por exemplo: Quando os clientes estiverem esperando a liberação de uma mesa no bar, o atendente pode abordá-los: “Enquanto aguarda, o que acha de beber alguma coisa? Posso lhe trazer uma cerveja ou prefere que eu peça para prepararem uma caipirinha caprichada agora mesmo?”

Essa seria uma abordagem direta, em que o garçom oferece algumas opções já sugerindo-as sutilmente. Assim o cliente pode visualizar a imagem de um drinque sendo preparado ou de uma bebida refrescante chegando, o que pode o ajudar, e muito, a pedir por algo ao invés de permanecer em silêncio.

Oferecer opções não é o mesmo que enumerá-las. De nada adianta que o garçom diga a lista de todas as bebidas oferecidas pelo estabelecimento na velocidade da luz, sem explicar melhor como cada uma delas é servida e sem fornecer boas opções.

Os momentos mais adequados para oferecer bebidas são: Antes dos pedidos serem feitos ou antes de chegar a refeição. Nessas horas consumidores estarão mais suscetíveis a aceitar uma boa bebida, isto é, se forem bem aconselhados.

Ofereça opções que abriguem diversos gostos

As pessoas têm paladares diferentes e apreciam coisas diferentes. É interessante que o restaurante disponha de opções que pareçam atraentes para cada um dos clientes e atendam aos seus gostos variados.

Algumas pessoas gostam de cerveja, outros de um bom drink ou um bom vinho. Para os primeiros, será interessante oferecer cervejas artesanais ou importadas. Dispor de uma boa carta de vinhos e investir em Drinks diferentes, exóticos e bem elaborados pode ser a chave para conseguir a atenção de muitos consumidores.

Ao oferecer alternativas mais “incomuns”, produtos de maior valor agregado, muitos clientes se sentirão mais curiosos ou tentados a dizer “sim” para uma das opções apresentadas.

Isso não vale só para bebidas. Serve muito bem para as sobremesas também. Algumas sobremesas sofisticadas precisam de atenção no preparo, mas pouco investimento em matéria prima.

Adicionando um pouco de Nutella ou Leite Ninho em uma receita convencional, o estabelecimento pode oferecer algo mais gostoso que o normal, algo que faça com que muitos clientes salivem só de ser apresentado.

Diversas estratégias podem ser adotadas para agregar valor a um produto. É prudente procurar uma para cada item “secundário” do cardápio.

Ajude o cliente a comer com os olhos

Uma boa imagem pode ser o suficiente para convencer o estômago do consumidor a pedir algo que pareça muito atraente ou gostoso.

Alguns pratos tem uma ótima apresentação e somente descrevê-los não basta, é preciso mostrar ao cliente o que ele está perdendo, a oportunidade que ele está deixando passar, se não provar determinada sobremesa ou experimentar um Drink especial e diferente.

O garçom tem de complementar a imagem fornecendo detalhes sobre a composição do prato, de modo persuasivo e sutil. A estratégia aqui é estimular o imaginário do consumidor e fazê-lo idealizar o quanto determinado item do Menu é gostoso antes mesmo de ele chegar.

Crie um cardápio convidativo

O Cardápio funciona como um convite inicial para que o consumidor se interesse pelo que é oferecido. De nada adianta dispor de ótimos itens no Menu se o cardápio que os clientes veem não for convidativo. Eu fiz um artigo dando 9 dicas de mudanças no seu cardápio que vão te fazer vender mais, dê uma conferida!

Uma outra ótima opção é o cardápio digital. Além de ser mais elegante e gerar valor para o estabelecimento, o cardápio digital ainda permite interação dos clientes e, em alguns casos, os consumidores podem fazer os pedidos diretamente através dele.

O Cardápio Digital do MenuDino pode ser acessado de qualquer dispositivo com acesso à internet e oferece ao estabelecimento uma interface personalizável e um espaço privado para a exibição de seus produtos. O cliente pode verificar quais são os itens disponíveis e clicar sobre cada um dos que lhe parecerem atraentes, para assim ter mais detalhes.

Outra solução também muito útil é o Programa Consumer, um sistema de gestão voltado para a área da alimentação. Nele o usuário pode criar fichas técnicas detalhadas para cada prato e depois exportar todo o seu Menú para o MenuDino ou até mesmo o iFood.

Ambas as soluções, o MenuDino e o ProgramaConsumer, oferecem versões gratuitas para teste! Clique no banner para saber mais.

Conclusão

Agora você já sabe que um segredo para aumentar a receita é investir na apresentação dos produtos e na geração de valor de cada um dos itens.

Se os atendentes souberem os melhores momentos para oferecer bebidas e sobremesas de uma forma prestativa e adequada, os lucros do restaurante podem aumentar significativamente.

Este artigo lhe deixou com dúvidas? Tem comentários ou sugestões? Deixe suas impressões aqui no blog.

Para saber mais sobre as soluções digitais apresentadas, contate a equipe de atendimento e suporte do Programa Consumer.

Leia também: 9 Dicas de mudanças no design do seu cardápio que vão impulsionar suas vendas

Participe e deixe seu comentário abaixo.