Como abrir e montar uma lanchonete de sucesso?

Para abrir e montar uma lanchonete, além de uma boa ideia em mente, também é preciso pensar em outros aspectos: sua localização, investimentos necessários, equipamentos e demais informações que parecem simples, mas fazem toda a diferença no sucesso do seu negócio.

Nos dias de hoje, os empreendimentos alimentícios estão entre os mais procurados, e as razões são bem compreensíveis.

Primeiramente, o setor é de constante crescimento, caminhando contrariamente à crise financeira instaurada no Brasil. Neste sentido, ele pouco depende da oscilação da economia, já que sua demanda está sempre em alta.

Para os que têm pouco dinheiro para investir, a opção também se torna vantajosa. Afinal, há ainda a entrada cotidiana de dinheiro no caixa, o que já evita problemas de várias formas. Porém, considerando que todo empreendimento tem seus desafios próprios, com o setor de alimentação não poderia ser diferente. O sucesso aqui também depende de passos bem dados – desde o planejamento à execução do negócio.

Neste artigo, confira como abrir e montar uma lanchonete de sucesso.

btn-download-gratis-consumer

1. Como está o mercado nesta área?

A competitividade no setor pode ser alta, principalmente, porque esse é o tipo de serviço que todos precisam (e possivelmente, todos os dias). As lanchonetes são frequentadas por indivíduos de todas as idades, classes sociais e diferentes perfis.

Neste sentido, algo que precisa ser levado em consideração é: a escolha de onde ficará o seu negócio.

Faça a si mesmo as seguintes perguntas:

  • Você está localizado em um lugar de alta concentração de pessoas (como o centro da cidade, por exemplo)?
  • Você está próximo a grandes empresas, escolas, ou outros espaços neste sentido?
  • Você está localizado em um bairro com várias ou poucas lanchonetes?
  • Você tem concorrentes? Já os mapeou?

2. Quais equipamentos são fundamentais?

Para montar a sua lanchonete será preciso pensar tanto nos equipamentos como nos móveis que farão parte do ambiente. Isso porque esses fatores influenciam de modo direto no próprio sentimento do indivíduo ao entrar na lanchonete. Será que você oferece a sensação que eles realmente buscam?

No que se refere aos equipamentos, o que você vai precisar é: freezers, exaustores, chapas, geladeiras, espremedores de frutas, estufas, fritadeiras, balcões, fornos, talheres e utensílios em geral, caixas, cadeiras, mesas e assim por diante.

Possivelmente, o valor gasto com tais equipamentos (de acordo com dados do Sebrae) para a criação de uma lanchonete pequena, é de em torno de R$60 mil reais, o que já inclui os investimentos iniciais.

software-bares-resturantes-lanchonetes-02

3. Qual será o pessoal necessário?

Antes de tudo também é preciso pensar no pessoal que irá conduzir o seu negócio. É claro que a contratação de mais ou menos funcionários irá depender do tamanho do mesmo, porém, as seguintes funções são fundamentais em lanchonetes de qualquer porte: gerentes, chapeleiros, caixas e, quem sabe, funcionários para a entrega de lanches e demais pratos rápidos (similares aos garçons).

O empreendedor de uma lanchonete também deve estar atento a outras características que dizem respeito à equipe, como: atendimento prestado, a qualidade dos lanches e pratos, a higiene do local, treinamentos e assim por diante.

O horário de funcionamento, por sua vez, é uma decisão de cada um: até porque se torna necessário analisar quais são os horários de maior fluxo, qual é a localização do empreendimento, o tipo de público alvo e assim por diante.

 

banner-728x90_3

4. Atente à documentação obrigatória

Muitos empresários ficam em dúvida acerca das documentações necessárias para a abertura de um negócio. Por envolver algo diretamente relacionado à saúde pública (alimentos), a documentação necessária inclui algumas licenças diferenciadas, que precisam ser solicitadas o quanto antes para quem pensa em abrir esse tipo de estrutura.

Para início de conversa é necessário cadastrar-se na Junta Comercial de seu estado, emitindo nesta etapa o seu registro de CNPJ.

Também são necessárias as seguintes documentações: autorização da Fazenda para a emissão de notas fiscais, inscrição da empresa para pagamentos à Fazenda Estadual, enquadramento do tipo sindical, alvará de funcionamento, agendamento de visita com a vigilância sanitária e elaboração de um “manual” de procedimentos e práticas operacionais, conforme determinação da ANVISA.

Para evitar qualquer tipo de complicação com a ANVISA é preciso tomar o máximo de cuidado com a higiene da cozinha – que precisa estar sempre impecável. Preferencialmente, use grande parte dos utensílios em inox, uma exigência básica deste órgão. Além disso, também é necessário agendar uma visita com os bombeiros, que realizarão a vistoria do espaço antes mesmo de ele entrar em operação. Eles emitirão o “laudo de autorização da Corporação”, necessário para conseguir o alvará com a Prefeitura do município.

5. Já pensou nos fornecedores?

Não que seja algo para se preocupar demasiadamente, porém, é preciso pensar em quem irá fornecer alimentos de qualidade para a sua clientela (e com um preço que se encaixe em seu bolso). Muitos fornecedores são básicos, ou seja, produtores de alimentos primários. Atente-se a eles e faça uma pesquisa de qualidade antes de decidir por um ou outro.

6. Delivery: fará ou não?

Antes mesmo de dar início às suas operações algo a se pensar é: você oferecerá serviço de delivery ou não?

O delivery consiste em entregar alimentos na comodidade da residência do cliente, o que pode ser um fator bem atrativo para muitos. Porém, a logística para tornar o delivery possível exige planejamento e cuidados essenciais. Está pronto para arcar com isso?

Além disso, no caso de lanchonetes que contam com delivery, o recomendado é pensar em uma equipe específica para esse tipo de atendimento: tanto no desenvolvimento dos pratos, como também, na entrega (por meio de motoboys contratados). Uma equipe já experiente com delivery poderá tornar a sua lanchonete muito mais responsável neste quesito.

banner-250x300_3

7. E a administração?

Montar e abrir uma lanchonete de sucesso parece atrativo em muitos quesitos, não é mesmo? E realmente é. Porém, para que o seu empreendimento realmente seja um sucesso, é preciso apostar em uma boa gestão.

No começo, problemas com funcionários, clientes que reclamam, dificuldades com horários e até mesmo com a qualidade de alguns procedimentos pode ser comum. A dica aqui é: não desistir.

E agora, se sente mais preparado para montar a sua lanchonete de sucesso?

Deixe nos comentários abaixo suas dúvidas e observações =)

software-bares-resturantes-lanchonetes-04

Cliente Programa Consumer

3 comments

  1. Fábio Teles 28 junho, 2017 at 19:32 Responder

    Baixei o programa de vcs porém nem tive tempo de testar q ele travou, e não encontro chat para tirar dúvidas. Umas das dúvidas é como posso personalizar o cardápio, pois minha lanchonete é especializada hotdog e preciso de uma solução para a cozinha para a montagem do mesmo, tipo: tamanha do pão? 15cm ou 30cm, tipo salsicha? normal e frango, tipo Sabor? pernil, bacon, carne moida, frango, charque, calabresa, etc….ele é montado conforme o gosto do cliente…não sei se o sistema de vc´s tem como personalizar dessa forma. Whats (79) 99191-8858

Participe e deixe seu comentário abaixo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.