Os funcionários são a base de qualquer empresa. Especialmente para as empresas envolvidas no atendimento às pessoas, como os restaurantes. Garçons bem treinados e educados atraem visitantes consumidores tanto quanto a cozinha e o ambiente do estabelecimento. Seja um restaurante grã-fino de Londres ou uma simples lanchonete de beira de estrada, todos os funcionários devem saber como se comunicar e interagir com os clientes da melhor maneira possível.

Contratar pessoas qualificadas acaba sendo um dos aspectos mais frustrantes de qualquer negócio. Descobrir como contratar empregados para o restaurante pode seu uma tarefa mais difícil ainda. Em alguns restaurantes, a rotatividade de funcionários chega a ser uma constante, o que leva a ineficiência e outros problemas dentro da empresa.

O problema mais comum de contratação é encontrar a pessoa certa. É justamente por ser o fator mais importante de qualquer negócio que também é o mais complexo. Você simplesmente tem que empregar a pessoa correta na sua equipe, de outra forma você terá dificuldades no seu negócio. Esse princípio é cabível em todas as empresas, incluindo para o ramo alimentício.

Existe rotatividade de funcionários em qualquer indústria, e as circunstâncias podem variar de acordo com o negócio, mas a rotatividade pode ser um grande problema no ramo de restaurantes. Todos os níveis de um restaurante podem ficar pressionados com a rotatividade. É realmente difícil perder um funcionário veterano e ser forçado a substituí-lo com algum novato.

Você espera encontrar alguém com experiência, mas normalmente acaba contratando uma pessoa nova que precisa de treinamento? Isso leva tempo, o que a maioria dos donos de restaurante não possuem. Então, veja a seguir algumas informações e dicas úteis para te ajudar no processo de contratação de funcionários para seu restaurante.

Os tipos de funcionários para restaurantes

Para que um estabelecimento alimentício funcione corretamente, muitos tipos de funcionários para restaurantes são necessários. Apesar do número de empregados variar dependendo do tipo e tamanho do restaurante, os tipos gerais de funcionários continuam os mesmos. Ao conhecer os tipos de empregados e suas funções de trabalho, você pode configurar seu restaurante de uma maneira ainda mais eficiente. Confira a seguir:

  • Gerente: uma cadeia de restaurante ou franquia pode ter um gerente geral para inspecionar a operação e assegurar que a qualidade da comida é consistente em todos os restaurantes. Já um pequeno restaurante, pode ter um gerente para realizar o mesmo trabalho, porém em um só local. Outras posições de gerência incluem: auxiliar administrativo (que pode ser responsável pelo quadro de horários dos funcionários e operações diárias) e um contador (alguém que lide com os assuntos financeiros, incluindo os pedidos, pagamentos aos fornecedores, folhas de pagamentos e impostos.
  • Chef: todos os restaurantes precisam de uma pessoa responsável por cozinhar a comida. Em um restaurante refinado, essa pessoa é o chefe de cozinha, enquanto em uma franquia de fast food ele é o cozinheiro chefe. Nos restaurantes mais finos, o chef normalmente tem mais deveres além de cozinhar, já que esses estabelecimentos contêm muitos pratos que exigem ajudantes de cozinha adicionais, como um chef de massas e um sous chef (chef cuja posição é o segundo em comando). Ambos os restaurantes exigem funcionários de cozinha responsáveis por cortar os vegetais e preparar e embalar refeições para levar ou para entrega. Também são necessários lavadores de louça e cumins (auxiliares de garçom que recolhem os pratos sujos e limpam as mesas).
  • Garçons/atendentes: não importa se você tem um restaurante refinado ou um estabelecimento de fast food, de qualquer maneira a comida tem que ir da cozinha para o consumidor. Os funcionários para essa posição variam de acordo com o tipo de restaurante. Um garçom ou garçonete irá anotar os pedidos e entregar os pratos de comida aos clientes em um restaurante que trabalhe com salão, enquanto um restaurante fast food tem um balconista que providencia a comida para o cliente. Existem também alguns estabelecimentos de fast food que oferecem comida à mesa.
  • Variados: os últimos dois tipos de funcionários em um restaurante são os caixas e os entregadores. Nos restaurantes que realizam entrega à domicílio, o motorista entregador é responsável por certificar-se de pegar o pedido correto e entregar no local exato. Ele também é responsável por coletar o dinheiro do cliente e fornecer troco. Em um restaurante, a conta pode ser paga na mesa ou no balcão, junto ao caixa. Os estabelecimentos de fast food utilizam o balconista para a função de caixa, para receber o pagamento dos consumidores.

aplicativos-delivery-online-restaurantes-03

Dicas de como contratar os melhores funcionários para seu restaurante

Se você não contratar as pessoas certas, você não será bem-sucedido. Essa é pura verdade. Seu pessoal é seu maior trunfo, e, na indústria de restaurantes, os funcionários geralmente são os recursos mais escassos. Portanto, você tem que criar uma estratégia para encontrá-los antes de começar com o processo de contratação.

Desenvolver e executar uma estratégia de contratação requer um investimento significante de tempo e energia, mas não seguir esse caminho vai te custar ainda mais caro durante o funcionamento do seu restaurante, em função da freqüência de rotatividade, experiências negativas dos consumidores e inconsistência na marca do seu estabelecimento. Veja a seguir algumas dicas para encontrar as pessoas certas para trabalhar com você:

  • Defina grandeza: nunca assuma que todos os seus gerentes possuem a mesma definição que você do que faz um bom funcionário. Sente-se com eles antes de conduzir a primeira entrevista, para que juntos vocês possam estabelecer os valores principais que todos os empregados precisam ter.
  • Publique anúncios de trabalho específicos e informativos: as ofertas que você publicar devem incluir palavras-chave que descrevam a cultura da sua empresa e também o conceito sob o qual seu restaurante trabalha, estilo de serviço do estabelecimento, data programada para inauguração, e qualquer informação importante relativa à descrição e horário de trabalho. Os anúncios devem ser apresentados de forma profissional e compartilhados através de múltiplos canais de distribuição (online, boca a boca e mídias sociais).
  • Tenha pelo menos dois gerentes entrevistando cada pessoa: deixar passar um ótimo candidato pode ser tão ruim quanto contratar um péssimo trabalhador, então, certifique-se que você está levando em consideração a opinião de mais de uma pessoa antes de contratar alguém. O ideal seria que os gerentes se reunissem após cada entrevista para destacar os pontos mais relevantes de cada candidato, para investigarem melhor depois. Essa prática também garante que os gerentes estejam totalmente de acordo quanto a um potencial candidato, de forma que nenhum membro de funcionários seja contratado porque algum dos gerentes apadrinhou algum deles.
  • Desenvolva um conjunto de perguntas para a entrevista: montar uma lista bem pensada de perguntas, elaboradas para determinar se um candidato compartilha seus valores e descobrir os detalhes de suas experiências profissionais, vai eliminar entrevistas ao acaso e manter o processo objetivo. Isso também vai garantir que suas entrevistas sejam eficientes e demonstrará imediatamente seu nível de profissionalismo ao candidato.
  • Faça anotações: essa dica é particularmente importante quando você está realizando entrevistas para contratar uma equipe de inauguração, porque você terá encontros com vários candidatos constantemente. Logo, é muito fácil esquecer como você se sentiu sobre alguém, ou misturar as informações com outras pessoas quando você está no meio da correria da pré-abertura.
  • Atitude é o principal: habilidades e informações podem ser ensinadas, mas a atitude de uma pessoa geralmente não pode ser alterada. Não se deixe ser levado por um currículo impressionante se o candidato não demonstra nenhum dos valores que sua equipe estabeleceu coletivamente como essenciais. Lembre-se que a entrevista é uma apresentação controlada e deliberada de uma pessoa – se ela não está se projetando de forma positiva nessa hora, como ela agirá sobre a pressão do dia a dia no restaurante?
  • Treine os gerentes para avaliar sinais corporais: se um candidato descreve seu estilo de serviço como amigável e caloroso, mas ele mal puxou um sorriso desde que entrou pela porta, não assuma que o candidato vai subitamente mudar quando estiver no trabalho. Quando você perguntar o porquê dele abandonar o último cargo e ele evitar o contato visual, pesquise a fundo.
  • Torne a entrevista uma via de duas mãos: as entrevistas são, obviamente, realizadas para identificar ótimos candidatos para uma vaga, mas você nunca pode negligenciar o fato de que os entrevistados também estarão avaliando você. Isso significa ser pontual, ler seus currículos de antemão, e se vestir apropriadamente – será um longo caminho para criar uma forte impressão do que esperar se eles virem a trabalhar para você.
  • Verifique as referências sem exceção: pergunte para cada candidato se ele está disposto a oferecer pra você três referências profissionais. Deixe que o entrevistado saiba antecipadamente que você precisará ouvir de pelo menos duas referências para que possa continuar com o processo de contratação. Não importa quão notável a pessoa pareça, ou o quanto você seja conectado com ela, não pule esta etapa. Você não vai querer aprender essa lição do modo mais difícil.
  • Tenha como objetivo o equilíbrio: quando se trata de montar uma equipe, a diversidade é sua amiga – isso se aplica para conhecimento, conjunto de habilidades, experiências passadas e personalidade. Preste atenção para a balança na hora que for contratar pessoas para seu restaurante, já que funcionários diversos e dinâmicos ajudam todos a aprender uns com os outros. Tome cuidado para não contratar muitas pessoas de um mesmo restaurante ou empresa… você provavelmente quer desenvolver sua própria cultura, não adotar a de outro estabelecimento.
Infográfico ZenDesk

Infográfico ZenDesk

 A entrevista de emprego

Apesar de ser uma tarefa mundana, a etapa da entrevista é provavelmente a mais importante durante o processo de contratação de um funcionário. É tentador selecionar alguns dos melhores currículos e ir direto para as tentativas, mas as entrevistas te dão a chance de realmente ganhar um senso sobre a personalidade da pessoa, ou seja, se ela se encaixa perfeitamente com o seu negócio.

Então, para o que se deve ficar atento nas entrevistas? Coisas como linguagem corporal, se a pessoa sorri muito e se ela não te interrompe são bons indicadores de uma atitude positiva. Também é necessário fazer as perguntas certas. Quando você está entrevistando, não pergunte apenas as experiências passadas do candidato, mas inclua também algumas questões que vão te dar uma idéia da personalidade dele. Certifique-se que o entrevistado tenha as expectativas corretas do que será o trabalho.

Aqui estão algumas questões que você pode utilizar durante as entrevistas:

  • Por que você quer trabalhar aqui?
  • Por que você saiu do seu último emprego?
  • O que você acha que é mais importante quando está lidando com os clientes?
  • Como você lida com situações estressantes ou de muita pressão?
  • O que você faria se tivesse 30 minutos de tempo livre?
  • Em qual tipo de ambiente de trabalho você acha que se destaca mais?
  • Quais são seus pontos fortes? Quais são suas fraquezas?
  • Qual é o seu restaurante favorito?
  • Do que você mais gosta nessa indústria de restaurantes?
  • Quais coisas você não gostava no seu último emprego?
  • Quais são suas expectativas para essa posição?

sistema-delivery-restaurantes-gratis

Métodos tradicionais de contratação que ainda funcionam

Os meios corriqueiros de contratação incluem você empregar alguém que você conhece. Família e amigos são usualmente procurados para preencher vagas de trabalho potenciais. Você vai precisar de pessoas que você confia para trabalhar com você, e geralmente não há um grupo de pessoas que você conheça melhor do que sua própria família ou um grupo de amigos.

O boca a boca também é muito comum. Você pode pedir para sua família, amigos, colegas de trabalho e conhecidos para passar pra frente uma mensagem de que você está contratando. Uma vez que a informação se espalhe, você terá vários candidatos para as vagas disponíveis.

Se esses dois métodos não funcionarem, sempre há a seção de classificados nos jornais locais. É uma forma de contratação que ainda funciona bem. Afinal de contas, muitas pessoas constantemente procuram nos classificados vagas de emprego.

Se quiser, você pode deixar um anúncio fixo no jornal para manter um fluxo constante de currículos entrando. As melhores empresas sempre abrem um espaço para ótimos trabalhadores, mesmo se elas não possuem uma vaga aberta de imediato. Um excelente funcionário pode ser treinado rapidamente para executar qualquer tarefa em um restaurante.

Infográfico ZenDesk

Infográfico ZenDesk

Contratando funcionários para restaurante através de um website

O primeiro passo que você pode tomar com o site de seu restaurante é criar uma página “Trabalhe conosco”. Essa é a forma mais fácil pra conseguir que candidatos enviem para você suas informações. É bom listar vagas de empregos para todas as áreas, já que pode haver cargos disponíveis para alguma posição, no futuro.

No site, explique as tarefas necessárias para aquele trabalho e também inclua palavras-chave que o candidato pode utilizar para encontrar emprego nesta área no Google. Um bom modo de incluir palavras-chave é utilizar cabeçalhos na página “Trabalhe conosco”. Você pode utilizar cabeçalhos como:

  • Procura-se garçons e garçonetes em São Paulo, Restaurante Prato Fino
  • Vagas para gerente de restaurante em São Paulo
  • Trabalho para atendente de restaurante no bairro Central de São Paulo

Essas são frases que as pessoas vão procurar nos mecanismos de busca. Inclua descrições das posições abaixo de cada cabeçalho. No final da página, inclua um formulário de contato que permita que as pessoas enviem para você alguns detalhes. Conseguir informações pode geralmente te dizer o que você precisa saber sobre uma pessoa enquanto economiza o tempo dela. Você também pode permitir que as pessoas anexem seus currículos, para facilitar seu processo de organização e filtragem na hora que você estiver selecionando candidatos.

Assim que a página estiver configurada, adicione um link para ela no rodapé do seu website. A maioria dos visitantes do site de seu restaurante são potenciais consumidores, então você não quer distraí-los enquanto eles navegam. Ao colocar um link no rodapé, você garantirá que aqueles que estão procurando por emprego achem a página, mas sem desviar a atenção dos seus clientes.

Essa é uma página para qual você pode direcionar as pessoas, tanto nos seus anúncios em outros sites e redes sociais quanto nos anúncios impressos. Isso mantém as coisas em um só lugar, facilitando para você o gerenciamento do processo de contratação de funcionários para seu restaurante.

Encontrando a balança certa entre qualidade e quantidade

Com aplicações para vagas pelo website e formulários de contato, há sempre o problema da quantidade em comparação com a qualidade. É óbvio que você quer candidatos, mas você também não quer perder seu tempo com aplicações inúteis. Isso acaba se tornando mais frustrante que conseguir apenas algumas candidaturas.

Para certificar que você está garantindo candidatos de qualidade, você pode realizar algumas simples ações na página “Trabalhe conosco”. Adicione qualificações e exigências que possam assustar alguns candidatos. Você pode fazer isso ao colocar algumas perguntas na página, como: quando você deve oferecer a refeição principal para o cliente? Quanto tempo leva para cozinhar um bife no ponto?

Adicionar apenas algumas questões na página te dará uma noção de quão detalhado o candidato é. Acredite ou não, as perguntas irão assustar as pessoas preguiçosas. Se alguém não responder às questões, você sabe que essa pessoa provavelmente não prestará atenção aos detalhes. Isso irá lhe poupar tempo e dores de cabeça durante o processo de contratação.

sistema-para-lanchonetes

Recursos online adicionais

  • Google AdWords: se você está disposto a gastar dinheiro, você pode pagar para enviar tráfego para a sua página “Trabalhe conosco”. O Adwords permite que você utilize palavras-chave específicas e envie tráfego imediato para seu site, ao invés de esperar que sua página suba pelo rank naturalmente.
  • Mídias sociais: sempre que você tiver uma nova vaga disponível certifique-se de publicar a informação nas contas de suas mídias sociais. Deixe que seus seguidores compartilhem a notícia com qualquer um que eles achem que possam estar interessados no trabalho.
Infográfico ZenDesk

Infográfico ZenDesk

Depois de contratar, invista na sua equipe

A felicidade no local de trabalho, para a maioria das pessoas, não está exatamente nas tarefas do cargo, mas em coisas como a atmosfera, a cultura da equipe, e no fato de um funcionário sentir ou não que há um senso de propósito no que ele está fazendo. Se você desenvolver um bom ambiente de trabalho, é muito provável que você mantenha a qualidade da sua equipe.

Então, primeiramente, treine seus funcionários desde o primeiro dia. É claro que você vai querer mostrar para seus novos membros onde tudo está localizado, como os aparelhos funcionam, e assim por diante. Isso é algo que pode ser facilmente realizado ao unir o novato com um membro sênior da equipe, que também vai ajudá-lo a entender e se adaptar à cultura do pessoal.

Mas, além das tarefas gerais, você também deve compartilhar com o novo membro da equipe a visão do seu restaurante e deixá-lo se tornar parte dela. Inspirar, empenhar e desafiar seus funcionários faz com que você tenha resultados muito melhores do que simplesmente gerenciá-los.

Um meio de criar oportunidades para seus funcionários enquanto reduz a taxa de rotatividade é criar um plano de carreira, ou seja, contratar a partir de dentro, para posições de cargo elevado. Dê para sua equipe uma oportunidade de crescimento e eles vão te agradecer por isso, mostrando resultados. Se alguém gosta e se sente desafiado em seu trabalho, há uma chance muito maior que ele permaneça no seu restaurante.

Infográfico ZenDesk

Infográfico ZenDesk

Conclusão: pessoas certas na medida certa

Como dono de um restaurante, você não possui recursos ilimitados para dedicar para assuntos pessoais. Você também é obrigado a oferecer uma comida exemplar, fornecer um serviço de ponta ao consumidor, e garantir que sua marca esteja visível e positivamente representada dentro do seu mercado. Logo, a contratação de funcionários não é uma parte fácil do negócio.

De modo a selecionar pessoas excelentes para o cargo, você deve primeiramente decidir as qualidades essenciais que um empregado deve ter para entregar a melhor experiência ao cliente e contribuir com a cultura de sua empresa. Portanto, é crucial que seu gerente utilize um processo organizado e bem pensado para determinar quais candidatos são os corretos para ingressar na sua equipe.

Para contratar os funcionários certos para seu restaurante e evitar ser sabotado pela mediocridade, familiarize-se com as melhores práticas de contratação e aja com base nelas. Ao contratar e gerenciar os melhores empregados logo de cara, os donos de restaurante minimizam os desafios e a competitividade da indústria de alimentos.

Você tem alguma dúvida sobre contratação de funcionários para restaurantes?

Deixe nos comentários!

Participe e deixe seu comentário abaixo.