O que é SAT? - Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos

Está procurando informações sobre o SAT? Neste artigo vou lhe contar detalhadamente o que você de fato precisa saber sobre o novo equipamento fiscal eletrônico.

Você entenderá melhor o que é, para que serve, que órgãos regulam seu uso e, além disso, será apresentado a um sistema que facilita o processo de emissão de notas fiscais eletrônicas por meio de aparelhos como esse.

Vamos lá?

O que é o SAT? 

Os órgãos fiscais estaduais, como o SEFAZ, têm tentado conseguir maior controle sobre as contribuições feitas pelos estabelecimentos varejistas. Foi por isso que, em 2010, o SAT- CFe (Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos) foi instituído em São Paulo para evitar fraudes e possibilitar a documentação em um meio digital.

O SAT consiste em um equipamento (Hardware) que, através de um Sistema de Gerenciamento Front-end (Frente de caixa) é responsável pela autorização e envio de notas fiscais, via Internet, para o SEFAZ.

Como o SAT funciona?

O SAT basicamente envia um arquivo contendo as informações de cada transação para o SEFAZ. Antes da confirmação o órgão recebe, valida as informações, e então, regulariza as vendas.

O comprovante emitido pelo SAT é o Cupom Fiscal Eletrônico (CF-e), este por sua vez é validado por uma assinatura digital realizada pelo próprio SAT, o que lhe confere validade jurídica em relação ao órgão mediador no estado.

O processo de emissão do Cupom Fiscal Eletrônico é feito em poucos segundos, o que é considerado rápido, dado que nesses poucos segundos: O Consumidor efetua a compra, que por sua vez tem seus dados formatados no sistema frente de loja e, então, envia os dados para o aparelho SAT.

Logo, o SAT complementa o arquivo, gera um chave de acesso assinada (CF-E), armazena o cupom fiscal e depois o envia de volta para o sistema de gerenciamento frente de loja e é só aí que o Cupom Fiscal Eletrônico é transmitido para o SEFAZ.

Em poucos instantes, o Extrato do Cupom Fiscal Eletrônico é impresso (em uma impressora térmica comum) e entregue ao consumidor.

O processo é rápido o suficiente para não atrasar o desenvolvimento do trabalho do operador de caixa e nem deixar o consumidor esperando.

Para emitir NFC-e você não é obrigado a investir no equipamento SAT, mas pode precisar dele para manter-se em dia com a SEFAZ/SP.

Os equipamentos SAT de maior destaque do mercado são os das marcas: Elgin, Dimep, Tanca e Kryptus. Veja a galeria abaixo.

Usando um Sistema de Gerenciamento para Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

Para emitir as novas Notas Fiscais Eletrônicas você precisa de um sistema de gerenciamento adequado para a emissão. Existem diversas opções de sistema, cada uma delas mais adequada a um tipo de estabelecimento ou ramo específico.

Se o seu negócio é no ramo da alimentação, você deve utilizar o Programa Consumer. O Consumer é um sistema de gestão completo, que conta com mais de 100 funcionalidades únicas que prometem melhorar seus processos e alavancar suas vendas. O sistema é homologado para emissão de NFC-E e, inclusive, é também homologado para funcionar utilizando um aparelho SAT ou MFE.

Dê uma olhada nesse vídeo rápido que fala um pouco sobre o SAT:

Precisa de um Sistema que torne possível o uso de um aparelho SAT no seu restaurante, pizzaria ou lanchonete? Junte-se aos mais de 100 mil usuários que baixaram o Consumer e faça o Download agora mesmo.

Sistema para Restaurantes vinculado ao SAT. Download Grátis. Fácil de usar.

 

Este artigo lhe deixou com dúvidas? Tem sugestões ou reclamações? Entre em contato com a gente.

Leia também: 7 Dicas de Marketing para Restaurantes de sucesso.

Participe e deixe seu comentário abaixo.