Inspiração para Restaurantes: Como os Self Service se Adaptam na Retomada?

Em meio a dificuldade, muitos consideraram os restaurantes a quilo extintos.

Porém, indo contra a crença popular, alguns estão até servindo de inspiração para restaurantes em todo o Brasil, retomando quase que todo o seu rendimento!

O que motiva os empreendedores do nicho é a retomada das atividades em todos os ramos.

Afinal, frequentados por quem procura um almoço prático e barato, os self service já são uma necessidade de muitos trabalhadores em todo o país.

Diante disso, alguns restaurantes do tipo em São Paulo já estão se adaptando, chamando a atenção e recuperando parte do faturamento.

Restaurantes a Quilo Inspiram Restaurantes Durante a Retomada

Segundo reportagem na Pequenas Empresas & Grandes Negócios, na capital paulista, os self service estão usando novas regras.

Na cidade, que já possibilita reabertura dos restaurantes, a rotina neles mudou bastante.

A própria mudança possibilitou a confiança do público nessa reabertura e que os clientes voltassem a frequentar os espaços.

Já se percebe algo diferente logo na entrada. 

O que antes era comum: filas e pegadores nos recipientes já não fazem parte do dia a dia. 

Agora, os estabelecimentos estão selecionando, ou até contratando, colaboradores com a tarefa específica de servir os clientes.

inspiração para restaurantes 1

Os estabelecimentos da reportagem estão servindo de inspiração para restaurantes em todo o Brasil enquanto priorizam segurança e qualidade.

Essas pessoas não são encubidas de nenhum outro papel, pois entram em contato direto e constante com a comida e com os clientes.

Dessa forma, evita-se contágio entre a equipe e os clientes!

Além disso, as filas são espaçadas e organizadas com adesivos no chão. 

E, por fim, os restaurantes não abrem mão do delivery, atendendo tanto quem precisa sair para trabalhar quanto quem ainda está trabalhando de casa!

Apenas com essas mudanças, os restaurantes visitados pela equipe da reportagem já perceberam uma recuperação média em 50% do faturamento.

Inclusive, os clientes os apoiam e se sentem seguros.

Na verdade, segundo a reportagem, a maioria prefere os restaurantes que visivelmente adotaram as medidas especiais.

A Chave é Melhorar o Atendimento 

São mais de 270 mil restaurantes por quilo em todo o Brasil.

A maioria passou a trabalhar com delivery, pois são poucas as cidades que estão permitindo seu funcionamento.

A concorrência já é alta, e agora, a segurança faz toda a diferença e pode ditar se um restaurante é competitivo ou não.

Tudo se pauta ao redor dos clientes e como eles se sentem.

De nada adianta abrir as portas se o cliente não se sente seguro e bem recebido no seu estabelecimento.

Os clientes priorizam segurança e bem estar onde quer que estejam.

O que esses empresários de São Paulo estão fazendo é investir no atendimento.

E estão percebendo um retorno merecido.

É importante, como eles, entender o papel da segurança na forma com que o consumidor vê uma empresa agora.

A incerteza permeia o dia a dia durante a pandemia.

Portanto, o que pode garantir o sucesso do seu estabelecimento nesse momento é oferecer o melhor e mais seguro atendimento possível. 

No entanto, como fazer isso?

Como aproveitar a inspiração dos restaurantes self service e começar a reaver seu faturamento?

Inspiração para seu Restaurante: Passo a Passo para Adaptar-se à Retomada

Quer fazer como os restaurantes de São Paulo e retomar as atividades com tudo? Confira nossas dicas.

1. Adapte o Espaço

Álcool em gel em locais estratégicos e mesas afastadas são o mínimo que os clientes esperam nesse momento.

As recomendações da Abrasel e das autoridades é manter álcool em gel nas entradas, nas mesas e balcões.

Além disso, as mesas devem estar com aproximadamente 2 metros entre si. 

2. Adapte os Colaboradores

Todos os garçons, cozinheiros e atendentes devem usar luvas e máscaras.

Em São Paulo, a Vigilância Sanitária pode até multar pessoas e estabelecimentos que não usarem a devida proteção.

Informe-se sobre sua região e evite prejuízos!

Os colaboradores precisam também se sentir seguros e não demonstrar risco aos clientes.

3. Adapte seus Processos

Atualize seus processos para mantê-los seguros e até impressionar os clientes.

Os cardápios de papel não são mais seguros, é preciso encontrar alternativas.

O cardápio por QR Code é uma ótima maneira de usar a tecnologia a seu favor durante a retomada - além de impressionar seus clientes.

Além disso, incentiva a diminuição das filas.

Se o seu fechamento de conta é feito no balcão, as filas podem ser um problema.

Tenha um sistema que permite fechamento rápido da conta, sem perda de tempo fazendo contas! Confira aqui como ter um sistema como esse.

Está vendo como é fácil? 

Esses são 3 passos práticos para quem precisa se adaptar e não sabe por onde começar.

Buscando por mais inspiração? Confira essa Patisserie de Belém que já se adiantou e soube muito bem o que fazer na retomada.

Exemplo de Inspiração

A Chez Nous Patisserie et Café é um estabelecimento adorável em Belém que já entende a importância de se adaptar.

Com muita segurança e animação, a equipe da Chez Nous está trabalhando com todas as medidas necessárias, incluindo o cardápio QR code na mesa.

Com ele, o cliente lê o código no totem com seu celular e faz o pedido ali mesmo, no aparelho!

Menos contato e muito mais agilidade.

A Chez Nous é um dos primeiros Clientes Consumer a ver como vale a pena ter o cardápio QR Code na mesa.

Segurança é Ter Quem Você Confia ao Seu Lado

O Programa Consumer é aquele sistema em quem você pode confiar.

Ele não te deixa na mão e, além de tudo, ainda integra site delivery com cardápio QR code na mesa.

Se você quiser saber mais sobre como se cadastrar e ter um site delivery com pedidos ilimitados no WhatsApp, confira esse link.

Para testar o Consumer e conferir em primeira mão a qualidade e agilidade do sistema, não perca tempo, garanta competitividade e clique aqui.

Participe e deixe seu comentário abaixo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.