Novo Coronavírus: 7 medidas para lidar com a COVID-19 em restaurantes

O novo Coronavírus ou COVID-19 surgiu há pouco tempo, mas já trouxe muita instabilidade para o cenário mundial.

Entre os setores mais afetados estão a saúde e a economia.

No Brasil, a economia local já tem sofrido sérios impactos.

Um deles está relacionado ao período de quarentena estabelecido por prevenção a fim de evitar que haja o surgimento de mais casos suspeitos e contágios.

Em decorrência disso, o movimento e as vendas de bares, restaurante e negócios da área da alimentação caíram drasticamente.

Porém, apesar do estado de alerta, ainda não foi recomendado que as atividades comerciais sejam paralisadas totalmente.

Portanto, para os estabelecimentos que decidiram manter as atividades, é preciso tomar certos cuidados e medidas para evitar os riscos de contágio com a doença.

Pensando nisso, reunimos aqui algumas medidas para lidar e diminuir os riscos do coronavírus em seu restaurante.

Confira!

7 Dicas e medidas para lidar com o novo Coronavírus em Bares, Restaurantes e negócios do ramo alimentício

A situação do Brasil em relação ao Coronavírus tem a chance de continuar contida graças às medidas preventivas recomendadas e seguidas pela população.

Muitas dessas medidas dizem respeito a hábitos higiênicos básicos, que já eram recomendados antes mesmo do surgimento do COVID-19.

No setor da alimentação, os estabelecimentos também já seguem normas de higiene recomendadas e fiscalizadas por órgãos como a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Agora, é preciso reforçar esses hábitos e criar novos.

Assim, a fim de orientar donos(as) de bares e restaurantes, a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) preparou um guia de como Lidar com o novo coronavírus.

Você pode acessá-lo completo neste link

Visando a facilitar o acesso a essa informação, reunimos as 7 principais medidas recomendadas para lidar com o coronavírus em seu estabelecimento.

O uso do álcool em gel é uma das medidas contra o novo coronavírus. imagem: Freepik

1. Não criar pânico

Em situações como a que estamos enfrentando, criar pânico não ajuda. Pelo contrário, dificulta que as pessoas façam o que é recomendado.

O momento pede calma e bom-senso.

Manter-se atualizado sobre o coronavírus com fontes de confiança para orientar clientes e colaboradores é a melhor saída para evitar a disseminação de notícias falsas que geram pânico.

Nesse sentido, o Ministério da Saúde criou um canal para manter a população bem informada.

Você pode acessá-lo aqui.

2. Lavar bem as mãos

O hábito de higiene humana mais básico é também o mais importante e eficiente para se proteger do coronavírus.

Por isso, oriente os clientes e os colaboradores a lavar bem as suas mãos. 

Veja neste vídeo da BBC como lavá-la de forma correta:

3. Disponibilizar álcool em gel

O álcool em gel 70%  é o mais recomendado para higienizar as mãos e evitar o contágio por contato.

Portanto, procure disponibilizar para os clientes nas mesas e no balcão e também para os seus colaboradores.

Porém, ressalte que usá-lo não precisa substituir lavar as mãos. 

Recomende que, para uma prevenção mais eficiente,  sejam feitos os dois procedimentos.

4. Distanciar as mesas

A recomendação do Ministério da Saúde é que se deve evitar o contato próximo entre as pessoas.

Isso porque o contágio do COVID-19 funciona de forma muito semelhante ao da gripe.

Assim, afastar as mesas mantendo 1 metro entre as cadeiras e 2 metros entre as mesas é uma medida paliativa adequada.

5. Manter os espaços bem ventilados e higienizados

A boa ventilação dos espaços é extremamente importante e necessária.

Se o seu estabelecimento possui janelas, opte por deixá-las abertas para que o ar circule. Inclusive na cozinha!

Mas se for uma ambiente fechado equipado com ar-condicionado, certifique-se de que a manutenção e os filtros estejam em dia.

Além disso, a higienização do ambiente, bem como dos utensílios usados na cozinha é fundamental para evitar o contágio.

6. Diminuir a capacidade atendimento no espaço físico

A Abrasel recomendou que os estabelecimentos físicos diminuam a capacidade de atendimento em pelo menos 30%.

Se possível, reduzindo a carga horária dos colaboradores, intercalando os horários de trabalho.

Assim, evita-se maiores prejuízos por mais que haja diminuição nas vendas.

7. Investir nas vendas por Delivery

Se você ainda não trabalha com Delivery, este pode ser o melhor momento para começar.

Com a recomendação para evitar sair de casa e grandes aglomerações de pessoas, os consumidores têm feito mais pedidos de comida pelo Delivery.

Isso porque a venda por Delivery oferece menos riscos de contágio para todos. 

Assim, a demanda por Delivery de comida aumentou em aproximadamente 20% em algumas regiões do país. Mostrando-se, assim, uma oportunidade dos restaurantes manter sua lucratividade ou até mesmo aumentá-la!

Caso você ainda não trabalhe com Delivery, não se preocupe: o Programa Consumer pode te ajudar!

O Delivery tem sido uma saída viável para os restaurantes frente ao novo coronavírus.

Leia também: Delivery de comida: 5 vantagens de ter um aplicativo próprio

MenuDino: Aumente Suas Vendas Apesar do Coronavírus com um Aplicativo de Delivery

O MenuDino é uma plataforma completa de Delivery online para bares e restaurantes desenvolvido pelo Programa Consumer.

Com ele, você ganha visibilidade em um mundo de competidores nos grandes apps de delivery!

Com o seu nome e seu logo, o aplicativo e site ganham a sua cara e você pode até atender por WhatsApp

Além de Delivery, o seu restaurante também pode oferecer a opção de retirada no estabelecimento para os clientes. 

Assim, as chances de que eles comprem com você serão maiores!

As principais vantagens do MenuDino incluem:

  • Sem cobrança de taxas sobre as vendas
  • Integração com cozinha e pedidos do salão: não há erros;
  • Fácil de usar
  • Cardápio online grátis
  • Site grátis de Delivery

Ficou interessado? Acesse nosso site e consulte o melhor plano para o seu restaurante!

E lembre-se: a melhor maneira de passar por esse momento com menos efeitos negativos é seguir as recomendações!

4 comments

Participe e deixe seu comentário abaixo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.